5 de jun de 2012

Segunda Guerra Mundial -slides

28 de mai de 2012

Segunda Guerra Mundial em vídeos

24 de mai de 2012

Discurso de Hitler

Vamos identificar os princípios da doutrina fascista que estão no texto? 

Discurso de Hitler à juventude alemã, em 1932.

Meus jovens alemães após um ano, tenho a oportunidade de dar as boas- vindas.
  Aqueles que estão aqui no estádio são um pequenos seguimento da massa que está la fora por toda Alemanha. Uma geração que se sacrífica por sua nação,... uma sociedade que não conhece classe ou casta,... a geração jovem do nosso povo...
  Desejamos que vocês rapazes alemães e garotas,... absorvam tudo o que nós esperamos da Alemanha para um novo tempo.[...]
  Queremos ser uma nação unida, e vocês meus jovens formarão esta nação... No futuro não desejamos ver classes e vocês precisam fazer,... com que isso apareça entre vocês...
  Queremos que vocês sejam obedientes, e vocês devem praticar a obediência. Desejamos que as pessoas alemejem a paz,... mas também sejam corajosas,... e vocês alcançarão a paz. Vocês precisam almejar a paz e serem corajosos ao mesmo tempo.
  Nós queremos que esta nação não seja fraca,... ela deve ser forte, e vocês precisam,... se endurecer enquanto jovens. Vocês precisam aprender a aceitar privações sem nunca esmorecer. Não importa o que criamos ou façamos,... nós passaremos,... mas em vocês,... a Alemanha viverá!
  [...]
  E saibam que não pode ser de qualquer outro modo,... estamos juntos. Porque vocês são carne de nossa carne,... sangue de nosso sangue!
  Suas mentes devem estar repletas do ideal que nos orienta!
  Sabemos que a Alemanha está diante, dentro e atrás de nós,... a Alemanha marcha dentro de nós,... ela é nosso passado, presente e futuro... 

22 de mai de 2012

Propagandas Nazistas

Vamos identificar princípios da doutrina nazistas presentes nas imagens? Comentem!

                                         1                                                                2
                                                                                                                         


                                    3                                                                              4

5

14 de mai de 2012

Revolução Francesa (slides)

2 de mai de 2012

Socialismo X Capitalismo - Giulia Covolo Spegiorim

O texto a seguir foi escrito pela aluna Giulia Covolo Spegiorim, do 9º ano do Colégio Lumen. Tal trabalho foi uma proposta do 1º bimestre como apoio ao debate sobre o Capitalismo e o Socialismo, onde o aluno deveria argumentar sobre seu posicionamento político.O texto da Giulia apresentou argumentação convincente e mostrou sua maturidade e segurança na defesa de suas ideias. Leiam!


O capital socialista
Justiça. O que é justiça?
O socialismo, com uma proposta na qual o povo é a lei, é o governo justo?

O "capital" não é o protagonista nesse governo. O bem-estar social e a suprema igualdade entre os cidadãos são as metas a serem atingidas, e a disciplina é a única maneira eficiente e rápida de concluí-las. Foco, conhecimento. Obsessão. Um governo sem classes sociais, sem a hierarquia social que sempre distinguiu os trabalhadores. Não há miséria nem fome no governo socialista. Mas, isso é justiça?
Sem as classes sociais, o capital seria igualmente dividido entre a população. Operários, gerentes, carpinteiros. Médicos, professores. Formas diferentes de trabalho merecem o mesmo reconhecimento, a mesma remuneração? É simplesmente uma questão qualitativa. A qualificação exigida para um médico não é a mesma exigida para um pedreiro. O estudo não é o mesmo. São ocupações diferentes, funções diferentes. Ambos dignos, porém distintos.
Com salários devidamente equilibrados, as terras agrícolas também são igualmente divididas, com a chamada reforma agrária. Todos teriam seu próprio pedacinho de terra para cultivar seu alimento; assim não haveria mais fome, já que cada um sustentaria-se por si só. E aquele proprietário que lutou a vida toda para construir um patrimônio digno para si e para seus filhos, netos e bisnetos terá que dividir sua herança com uma, talvez várias pessoas que não se interessaram em lutar, em suar por algo, e ganharão sustento de "mãos beijadas".
Talvez isso não seja mesmo justiça.
Algumas alterações deveriam ser feitas no método socialista, e então temos o método capitalista, onde a personagem de destaque é o próprio dinheiro, o próprio capital. Seu objetivo é o desenvolvimento, o progresso por meio do acúmulo desse capital. Custe o que custar.
Friedrich Hayek, ao descrever o capitalismo, aponta para o caráter auto-organizador das economias. Outros acreditam ser o sistema que se opõe ao trabalho altruístico de servir o "bem comum".
O fato vem a ser que, o sistema do capital é o sistema da tecnologia, da burguesia e da miséria.
Ao mesmo tempo em que países capitalistas investem em novas tecnologias, a educação, a saúde e outros princípios básicos que deveriam ser prioridade em qualquer governo são esquecidos, fazendo com que o desenvolvimento atinja apenas uma parcela da população.
É, talvez isso também não seja justiça.
Por que então não adotar uma política que una os ideais sociais e a busca pelo progresso? Porque enquanto não houver equilíbrio, não haverá justiça.
Giulia Covolo Spegiorim 9º ano verde- Colégio Lumen Guararapes.

* Não são permitidas  cópia e reprodução deste texto sem o consentimento da autora.

24 de abr de 2012

Crise de 1929


Documentários: "Relembrando 1929". Abordam o pós-guerra , o american way of life e a quebra da bolsa de Nova York



Documentário sobre a quebra da Bolsa de Nova York. Mostra os problemas do desemprego e o desespero dos norte-americanos diante da crise.


Invenções norte-americanas da década de 1920. O documentário mostra invenções engraçadas, inclusive na busca de mecanização do campo, uma das causas do desemprego nessa época.


"A vida na década de 1920" aborda o início do american way of life.

"O jazz nos anos 20" e sua influência do modo de vida americano.

21 de abr de 2012

Vamos comemorar como idiotas

...a cada fevereiro e feriado.

Impossível pensar no dia de hoje sem me recordar dos versos de Renato Russo. Eles ecoam em minha mente a cada notícia vinda de Brasília, ao aproximarem-se as eleições, no presenciar  cenas de desigualdade, em cada feriado.21 de abril, inauguração de Brasília e Tiradentes; 22 de abril,  "descobrimento". "Nosso passado de absurdos gloriosos". O país sem memória comemora. Brasília completa hoje 52 anos, vem aí mais um dia de show na Esplanada. A população comparece, a capital está lotada, ...de analfabetos políticos que se orgulham, reverenciam o "mártir" JK . Dia de mártires, dias de luta? Tiradentes e  JK, mineiros que lutaram pelo ideal elitista. Este, distanciando-nos das decisões políticas, um sonho da República oligárquica. Aquele, defendendo a burguesia dos altos impostos.Não há com o que se preocupar, isso já é passado.Amanhã é outro dia... o dia em que "descobriu-se" a galinha dos ovos de ouro, esse pedaço de chão em que tudo que se planta dá, paraíso tropical que abasteceu ( abastece) o sonho elitista de riqueza ilícita, o início das desigualdades.Numa história onde os fatos não se repetem, mas que carrega um círculo vicioso: elite, exploração, pão e circo,enganação, dívidas a custo da fome, desigualdade.Vamos celebrar e aguardar a sonhada Libertas quae sera tamen!"A lágrima é verdadeira."

20 de abr de 2012

Ovos de dinossauro na Chechênia

Nesta terça-feira (17/04/2012) universitários encontraram na Chechênia, no norte do Cáucaso, "os maiores ovos de dinossauro do mundo", segundo eles.Alguns Cientistas questionam veracidade da descoberta. "Infelizmente, não é verdade. Os dinossauros colocavam ovos pequenos", afirmou Valentina Nazarova, do Departamento de Paleontologia da Universidade Pública de Moscou, acrescentando que os dinossauros provavelmente nunca viveram no montanhoso norte do Cáucaso. "Os dinossauros não colocavam ovos enquanto saltitavam como se fossem cabritos monteses", ironizou.

http://www.band.com.br/noticias/ciencia/noticia/?id=100000498037

25 de mar de 2012

Antônio Conselheiro- Música

Valdir Telles e Fenelon Dantas,grandes trovadores brasileiros, cantam a Guerra de Canudos.


22 de mar de 2012

Tele Aula - Feudalismo

Trajetória do cristianismo na Europa feudal

9 de mar de 2012

Beatriz Aisenberg - Educar para crescer

Beatriz Aisenberg - Educar para crescer

Leitura e interpretação de textos em História. Há a necessidade de tempo para trabalhar isso em sala de aula. O que acham, colegas de profissão?

5 de mar de 2012

Trabalho de Arqueologia

Trabalho realizado com os alunos do 6º ano Lumen em 05/03/2012. 
Parabéns, galera!!Vocês se empenharam e cumpriram direitinho com a proposta do trabalho. Foi um sucesso!
























3 de mar de 2012

Domingo Sangrento

Cenas reais do episódio que contribuiu com a formação dos sovietes e aumentou o descontentamento dos russos. 

Bloody Sunday- 1905

27 de fev de 2012

O trabalho do Arqueólogo

Este é um vídeo demonstrativo sobre o trabalho dos arqueólogos em todas suas etapas. Espero que gostem!Beijinho!!


22 de fev de 2012

Revolução dos Bichos


Baseado na obra de George Orwell de mesmo nome, o filme satiriza a Revolução Russa nos moldes como aconteceu, principalmente o regime que se seguiu a ela.
De acordo com Helena Sut " “A revolução dos bichos” é um texto que, a princípio, parece visionário, mas, em poucos capítulos, identificamos os acontecimentos históricos na sátira elaborada pelo grande escritor. George Orwell conseguiu interpretar a realidade com lucidez e quis alardear suas percepções sobre os movimentos sociais, o poder e os indivíduos."
A obra substitui animais por personagens reais da História da revolução. Estes foram facilmente identificados no contexto da época, o que gerou inúmeras críticas e até adiamento da publicação.
"Major (Lenin); Napoleão (Stalin); Bola-de-neve (Trotsky); as ovelhas, que repetem sem consciência os lemas; os cavalos com seus tapa-olhos que só conseguem olhar para o trabalho; as galinhas que se perdem na dispersão; o burro empacado em suas verdades; os cães fiéis à guarda de seus donos... Todos personagens históricos, escravos da própria revolução, prisioneiros dos sonhos depauperados..."


Fonte: http://www.recantodasletras.com.br/resenhas/2369

11 de fev de 2012

Depoimento do fotógrafo da morte de Herzog.

05/02/2012 - 07h00

Folha localiza em Los Angeles fotógrafo da morte de Herzog


DE SÃO PAULO
Uma revelação exclusiva é o destaque da "Ilustríssima" deste domingo: o repórter Lucas Ferraz, da Sucursal de Brasília, localizou em Los Angeles o autor da mais importante imagem da história do Brasil nos anos 1970 --a foto do jornalista Vladimir Herzog morto numa cela do DOI-Codi, em São Paulo, no ano de 1975.
íntegra da reportagem está disponível na internet para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha.
Zen Sekizawa/Folhapress
Silvaldo Leung Vieira, o então fotógrafo da Polícia Civil de São Paulo localizado pela Folha
Silvaldo Leung Vieira, o então fotógrafo da Polícia Civil de São Paulo localizado pela Folha em Los Angeles
Fotógrafo da Polícia Civil de São Paulo, o santista Silvaldo Leung Vieira, então com 22 anos, foi recrutado pelo Dops (Departamento de Ordem Social e Política) para uma de suas primeiras "aulas práticas": o registro do cadáver do jornalista, que havia comparecido espontaneamente ao DOI-Codi, após ter sido procurado por agentes da repressão em sua casa e na TV Cultura, onde trabalhava como diretor de jornalismo. Ele tinha ligações com o PCB (Partido Comunista Brasileiro), mas não chegou a ter atividades na clandestinidade.
"Ainda carrego um triste sentimento de ter sido usado para montar essas mentiras", afirmou Silvado à Folha, por telefone.
Segundo relatos de testemunhas, Vlado, como era conhecido pelos amigos, foi torturado e espancado até a morte. A imagem produzida por Silvaldo ajudou a derrubar a versão do suicídio, uma vez que seu corpo pendia de uma altura de 1,63 m, com as pernas arqueadas e os pés no chão, o que torna altamente improvável que tenha se matado.
A morte gerou manifestações, como a famosa missa na catedral da Sé, em São Paulo, e contribuiu para que o presidente Ernesto Geisel e seu ministro Golbery do Couto e Silva vencessem a queda de braço com a linha dura da ditadura, que pedia um aperto na perseguição à esquerda, sob o argumento de que o país vivia a ameaça do comunismo.
Jornal do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo
O jornalista Vladimir Herzog, que foi encontrado enforcado em uma cela, em 25 de outubro de 1975
O jornalista Vladimir Herzog, que foi encontrado enforcado em uma cela, em 25 de outubro de 1975
"Tenho para mim que esses acontecimentos foram a raiz das Diretas-Já", disse à Folha o então governador de São Paulo, Paulo Egydio Martins, que também tinha atritos com os militares da linha dura.
Silvaldo Leung Vieira também fotografou a cena do "suicídio" de Manoel Fiel Filho, operário que morreu em situação semelhante à de Herzog e cuja morte também foi decisiva para mudar os rumos do regime. Essa imagem, no entanto, nunca apareceu.

6 de fev de 2012

Primeira Guerra Mundial

Especial de Veja sobre a Grande Guerra. Muito detalhado, em formato de jornal online. Uma ótima opção de consulta e estudo. Confiram!

http://veja.abril.com.br/historia/primeira-grande-guerra-mundial/1914-agosto-comeca-guerra/indice.shtml